Novas conexões urbanas

Avanços em mobilidade urbana e sensores para monitorar o uso de água e eletricidade serão elementos fundamentais das cidades do futuro, mostra estudo do banco Julius Baer

Nos últimos 20 anos, a população de Munique, terceira maior cidade da Alemanha, cresceu 50% chegando a 1,5 milhão de pessoas em 2018. Delas 20% são estrangeiras. Como a taxa demográfica não deve diminuir nos próximos anos, Munique já se prepara para receber mais gente. Novos bairros estão se desenvolvendo e, em várias regiões, sensores monitoram desde a distribuição de água até o consumo de energia e a poluição causada pelas emissões de CO². Segundo um estudo do banco suíço Julius Baer, até 2050 boa parte dos polos urbanos mundiais deverá seguir o exemplo da cidade alemã, com o uso intensivo de tecnologias baseadas na análise de dados e sensores de monitoramento. A mobilidade urbana também deverá atingir novos patamares de expansão. Entre 2000 e 2017, o número de linhas de metrô aumentou 70% no mundo, segundo a Associação Internacional de Transportes Públicos. “As cidades se tornarão mais sustentáveis e inteligentes”, diz Carsten Menke, chefe de pesquisa sobre Próxima Geração do Julius Baer.

Fonte: Época Negócios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s